Ciro Gomes reclama do tempo destinado para falar em evento com mulheres
Daniel Weterman
S√£o Paulo
16/08/2018 19h39
No primeiro dia oficial da campanha eleitoral, o candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, reclamou do formato de evento que participou em São Paulo. O encontro reuniu sete candidatos ao Planalto e foi realizado pelo grupo Mulheres do Brasil, presidido pela empresária Luiza Helena Trajano.

Na primeira rodada do evento, no qual os candidatos ficaram lado a lado no palco de um teatro e foram escalados para responder a perguntas um ap√≥s o outro, os presidenci√°veis foram questionados sobre a√ß√Ķes para promover o acesso da mulher a cargos p√ļblicos. Para a resposta, cada um teve 2 minutos para falar.

"Vou protestar contra esses tempos globais. Dois minutos n√£o da para falar nada s√©rio", disse Ciro ao assumir o microfone em sua primeira manifesta√ß√£o. Na sequ√™ncia, prometeu que metade de sua equipe na Presid√™ncia da Rep√ļblica, se eleito, ser√° formada por mulheres.

O grupo Mulheres do Brasil realiza encontro para discutir propostas dos presidenci√°veis com a participa√ß√£o de, al√©m de Ciro, Alvaro Dias (Podemos), Geraldo Alckmin (PSDB), Henrique Meirelles (MDB), Jo√£o Am√īedo (Novo), Marina Silva (Rede) e Vera L√ļcia (PSTU).

No in√≠cio da programa√ß√£o, a mestre de cerim√īnias do evento avisou que o formato n√£o ser√° de "debate" entre os candidatos, mas um "di√°logo". Os presidenci√°veis devem responder, um a um e sem r√©plicas e tr√©plicas, perguntas feitas pelas organizadoras.

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO